quinta-feira, 9 de junho de 2016

Tatames - Presentes na modernidade e na tradição

É normal que no Japão as casas tenham uma mistura bem dividida entre a cultura tradicional e a modernidade. Vemos muitas casas japonesas onde o chão é de madeira, tatame ou carpete, mas a tradição do tatame é a que mais prevalece, sendo raro uma casa japonesa que não tenha pelo menos um comodo revertido com tatames. É disso que vamos falar hoje.


Tatame (tatami) significa "dobrado e empilhado", o tatame mais tradicional é feito da palha de arroz, ela é prensada e costurado, revertida com esteira de junco, com uma faixa originalmente preta nas laterais, podendo ser mudada a gosto. Eles são feitos com 180cm de comprimento,  90cm de largura. Eles também podem ser padronizados, podendo caber em qualquer espaço ou comodo. Eles normalmente tem cerca de 5cm de espessura. (Tamanho Padrão 180 cm x 90 cm x 5,5 cm ) A área de um tatame é chamado de "jo", é como chamamos a divisão de um tatame: “O meu quarto tem 8 jo” = “O meu quarto tem 8 esteiras.".


Os tatames são muito usados em casa de rituais do chá. Antigamente os tatames eram um item de luxo. Muito raramente vemos casas de artes marciais como karatê sem tatames. Os tatames não são duros, mas também não são macios. Os lutadores de artes marciais optaram por esse motivo, os tatames não tem a dureza de um chão puro, ele protege os lutadores de um trauma maior, mas ainda sim pode machucar caso o lutador caia de "mal jeito." Eles também são muito usados em casa de ioga. Aqui no Brasil os tatames japoneses são substituídos por aqueles tatames que vemos em áreas onde as crianças brincam. Eles também servem como um isolamento térmico, sendo fresco no verão e ajuda a manter o calor no inverno.

http://mlb-s1-p.mlstatic.com/


A Origem do Tatame


Antigamente, no lugar dos tatames eram usados um tapete ou esteira de palha que poderia ser dobrados e carregados, por isso seu nome original era "tatamu", que significa "dobrar".

http://3.bp.blogspot.com/-WTxaZypGAU4/Tntg3DXzN2I/AAAAAAAALtY/6rn6jRndrfU/s1600/
http://www.wle.com/media/


"Sua origem remonta a era primitiva quando os japoneses tinham o hábito de trançar vegetais nativos. Os camponeses costumavam usar muito os trançados feitos com palha de arroz, pois era um material abundante nos campos de cultivo.

Por ter uma superfície lisa, resistência, flexibilidade e comprimento, os trançados feitos com igusa (junco), ganharam destaque na sociedade antiga e passaram a ser utilizados nas cerimônias religiosas e por nobres. Inclusive eles começaram a ser chamados de goza (lugar de sentar ), sendo destinados para os deuses nas cerimônias antigas." {Isso é muito esquisito, mas tá, é isso.}

" No início a palavra tatami era designada para descrever os objetos dobráveis ou os usados para aumentar a espessura para as pessoas poderem se acomodar em cima. Foi a partir do período Heian (794 – 1192), que o tatame começou a tomar à forma conhecida nos dias de hoje."

Curiosidades sobre os tatames

Antigamente não era permitido pisar nas bordas do tatame, essa tradição existe até hoje, isso serve para não danificar a borda que era feita por artesões renomados, as bordas eram escolhidas pelos senhores das casas e eram escolhidas faixas  mais luxuosas e mais bem desenhadas e de cores mais fortes para a realeza. Sendo assim, era proibido pisar nas faixas para não desfiar, descolorir, sujar ou danificar o trabalho desses artesãos, sendo dada instruções pelos próprios artesões para tomarem cuidado com as bordas.


As pessoas de hoje dizem que em tempos mais antigos não era permitido pisar nas bordas por que embaixo do tatame se escondiam os ninjas e inimigos que aproveitavam o espaço entre um tatame e outro para atacar as suas vítimas com a espada, sendo assim eles não pisavam para se proteger de uma emboscada.

http://www.webtatame.com.br/produtos/

Os tatames também servem para serem usados como "um espeço pessoal", o formato retangular foi adotado para que o tamanho fosse suficiente para uma pessoa dormir. Pisar na borda do tatame, significava invadir o espaço de outra pessoa.

Onde comprar?

Licença Creative Commons
Apatia & Lobos de Andria Von Keller está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://apatiaelobos.blogspot.com.br/p/em-caso-de-duvidas-criticas-sugestao.html.